No geral, o som de Neil Young Archives: Volume 1 é detalhado, refinado, aberto, estendido, quente, arejado, avançado e geralmente fantástico. Este conjunto marca o primeiro conteúdo em Blu-ray que encontrei - e um dos poucos exemplos de áudio digital em qualquer lugar - que me fez sentir como se estivesse ouvindo vinil pesado de calibre audiófilo. O material remasterizado tem uma qualidade holística ou orgânica que quase sempre falta no áudio digital. Esse compromisso com a qualidade e os detalhes beneficia todo o espectro de sons em toda a faixa dinâmica e compensa os instrumentos ao máximo. Uma grande parte do motivo do desempenho de áudio do aparelho é que um conversor A-D da Pacific Microsonics Modelo Dois foi usado para produzir todas as faixas.

A Pacific Microsonics, empresa por trás do HDCD, tinha uma equipe de engenheiros importantes, principalmente Keith Johnson, que ganhou vários prêmios Grammy por gravação e foi coautora de várias patentes que cobrem a tecnologia de disco óptico que são a base dos discos de vídeo e áudio digitais. O Modelo Dois fornece amostragem de 192 kHz e é considerado o melhor conversor já feito em termos de neutralidade e linearidade. No caso de Arquivos Volume 1, tremendo cuidado foi tomado na remasterização de cada faixa. Por exemplo, o material ao vivo no disco 3 foi compilado a partir das 2 faixas originais, bobinas master de ¼ ", que foram gravadas em 15ips. A velocidade da fita variou 4% no geral e até 2% durante a reprodução de um único Infelizmente, esse problema não pôde ser resolvido no domínio de 192 kHz e as técnicas de restauração de áudio tiveram que ser usadas para resolver essas inconsistências e levar o áudio ao tom correto. As transferências digitais HDCD de 24 bits a 192 kHz foram editadas e depois, a taxa de amostragem é convertida em 24 bits a 96 kHz para restauração de áudio.Finalmente, para Blu-ray, o programa de áudio foi ampliado no processador Pacific Microsonics Model 2, resultando no mestre de Blu-ray de 24 bits e 192 kHz.

O verdadeiro triunfo da remasterização é que ela permite que a música brilhe quando Young está tocando solo, com apenas sua voz e violão, como no show em discos de Toronto ou com músicos de apoio. Graças ao seu ouvido fenomenal, Young conhece por natureza o tipo de banda que ele precisa para apoiar seu material. Quando ele tocou pela primeira vez com Danny Whitten, Billy Talbot e Ralph Molina, eles estavam com outra banda, mas Young imediatamente soube que ele queria gravar com eles e os atraiu para formar o Crazy Horse. O mesmo ouvido que reuniu Crazy Horse garantiu a mais alta qualidade do material remasterizado cerca de 40 anos depois, em Blu-ray. O som denso e os ritmos hipnóticos que eles criaram são exibidos com grande definição no PCM de 24 bits e 192 kHz. A clareza e os detalhes das guitarras duplas, bateria, baixos e harmonias de Young e Whitten são uma revelação. O trabalho deles é apresentado de novo na remasterização de alta resolução de vários discos, principalmente no intenso concerto "Live at the Fillmore East" no disco 5.

 

 

NEIL YOUNG - BLURAY BOX SET COLLECTION ARCHIVES VOL.1

R$ 1.799,00 Preço normal
R$ 1.349,25Preço promocional
  • BOX SET COM 10 BLURAY EDIÇÃO DELUXE NEIL YOUNG
  • SEMI NOVO
  • IMPORTADO
  • CONDIÇÃO DA CAIXA E DISCOS: IMPECAVEL
  • ANO: 2009
  • CONTEÚDO: 10 ALBUM+LIVRO EXCLUSIVO COM CAPA EM RELEVO+PÔSTER EXCLUSIVO EM ALTA DEFINIÇÃO+MINI ENCARTES DOS 10 VOLUMES DO BLURAY E BRINDE

compre também pelo boleto no pagseguro, é rápido e fácil!

prazo de envios

O prazo para o envio dos produtos é de 1 dia útil, apartir da data de confirmação de pagamento do produto.

formas de pagamento

  • Twitter ícone social
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

visite nossas páginas nas rede sociais:

email: aqualung.records@gmail.com  | Atendimento: (11) 3222-0284 de seg á sab 10:00 ás 18:30

endereço: Av. São João, 439 - República - São Paulo - SP - 01035-000 galeria do rock 3* andar / ©2019 by Aqualung Records. Proudly created BVRF.

CNPJ: 03.050.041/0001-80 /